Exposições Anteriores

Exposição coletiva acervo 2021

Exposição coletiva acervo 2021

16/12/2021- 31/01/2022

Artistas:

Erró
Flávio Rossi
Gabriel Garcia
Gonçalo Duarte
João Galrão
Joana Rosa
José de Guimarães
Loli ALdazabal
Luis Feito
Manuel Patinha
Mariana Gillot
Mónica Palmeira
Noronhada Costa
Regina Frank
Vera Fonseka
Rafael Canogar

 
As obras estão disponíveis
Faça-nos uma visita!
Através do Instagram e do nosso site online pode ter acesso às obras que se encontram disponíveis na nossa Galeria.
Assim, antes de nos visitar já poderá ter uma ideia das […]

By |December 16th, 2021|Exposições Anteriores|Comments Off on Exposição coletiva acervo 2021

LAB RATS de Mariana Gillot

Mariana Gillot

14 out – 30 nov 2021

 

Meus queridos, no emaranhado de tantos, deixo-vos um pensamento…

É uma exposição que faz a tentativa de uma crítica irónica, ao sistema de adição em que vivemos, bem como ao sistema de subjugação e formatação potenciado e conferido pela atualidade tecnológica.

As redes sociais fazem parte da rotina diária das […]

By |September 24th, 2021|Exposições Anteriores|Comments Off on LAB RATS de Mariana Gillot

SILENCED SIDES

REGINA FRANK: CAMADAS RITUAIS De múltiplas e delicadas camadas é composto o trabalho de Regina Frank. As suas origens remontam a 1989, à prática da pintura e da gravura combinada com a performance ritualizada. Depois, em 1992, em workshops por si organizados para John Cage, Joan Jonas e Marina Abramovic, esta vertente foi poeticamente ampliada pela prática da performance do bordado ritualizado. A leveza do adorno e do têxtil transmutaram-se num vestido que envolve o busto da artista, aberto em enorme tela redonda na qual se acumulam da pintura ao textil, da comida à escultura, da interacção com o espectador de várias partes do mundo que pode ou não nela deixar o seu testemunho. Esta interacção ampliou-se com a internet e a preocupação com os desastres ambientais e o perigo da insustentabilidade, num diálogo com os espectadores de várias partes do planeta. Camadas de histórias de civilizações antigas se acumulam aqui, revisitando saberes antigos e ciências actuais, construindo diálogos que se podem transmutar em formas de mandala ou adquirir diferentes expressões, da pintura à tapeçaria, evocando vitrais antigos, construindo uma linguagem de equilíbrio e redescoberta que a recente pandemia, naturalmente, também afectou. As duas exposições individuais simultâneas que decorrem no Museu Nacional de História Natural e na Galeria António Prates demonstram um trabalho de intensa dedicação desenvolvido entre 1991 e 2021. Enquanto o Museu se foca na Ciência Silenciosa, trabalho desenvolvido pela artista nos últimos três anos, compondo, acrescendo, colando a sua pesquisa científica e espiritual pessoal na forma de vastas tapeçarias e uma instalação na Sala Química Analítica, a exposição na Galeria apresenta os Lados Silenciosos da artista, a sua prática de atelier e o corpo de trabalho desenvolvido durante os dois confinamentos da pandemia. Aquela provocou o retorno da prática inicial da pintura: traços espontâneos, caligrafias, usando tinta japonesa, pintura em acrílico, óleos e até telas centenárias revelam um universo simultaneamente pessoal e cósmico, onde música e silêncio, ciência e espiritualidade, se justapõem. As suas elaboradas tapeçarias, reunindo diversas fontes solares de inspiração, constituem uma paisagem plena de soluções ambientais dispostas em torno de uma singular e esfíngica figura. Todos os seus outros trabalhos são pinturas, por vezes bordadas a fio, outras vezes a preto e branco com cor discreta, ou com cor explosiva de alegria. Outras pinturas são de natureza têxtil, recorrendo a vestidos da filha cosidos a seda bordada, adquirindo relevos delicados. Esta dualidade poética da exposição e da dicotomia público – privado tem sido constante no percurso colectivo da artista, transmutada nestes tempos pandémicos suspensos em possível resposta para a sua ultrapassagem através de uma metamorfose inerente à prática da performance induzida em ritual meditação colectiva. Ela será reforçada na performance que a artista retomará na própria montra da galeria, na silenciosa lentidão do gesto, quase imperceptível, que é o deste tempo suspenso em que nos encontramos, e nas possíveis respostas para a sua ultrapassagem. Rui Afonso Santos

By |April 28th, 2021|Exposições Anteriores|Comments Off on SILENCED SIDES

PRÉMIO ARTE AMALIA 

Deliberação do júri

 

O GRANDE PRÉMIO é atribuído a Nicoleta Sandulescu

 

As Menções Honrosas são atribuídas a:

Menção Honrosa ASSEMBLAGE – Flavio Rossi

Menção Honrosa DESENHO – Mariana Duarte Santos

Menção Honrosa ESCULTURA – Liliana Alcaria

Menção Honrosa ESCULTURA – Mariana Gillot

Menção Honrosa FOTOGRAFIA – Rita Vargas

Menção Honrosa PINTURA – Pedro do Vale

 

Integraram o Júri: o Galerista António Prates, diretor […]

By |November 19th, 2020|Exposições Anteriores|Comments Off on PRÉMIO ARTE AMALIA 

SINGULARITIES – João Galrão

SINGULARITIES

WIND 2019
Esmalte acrílico s/ papelão // Enamel on paperboard
80 X 119 cm
//
MOUNTAIN, 2019
Mista s/ painel protector de carro // mixed over car protective panel
70 x 122 cm
//
BUBBLES, 2019
Mista s/ painel protector de carro // mixed over car protective panel
70 x 122 cm
//
FISH SKIN, 2019
Mista s/ painel protector de carro // mixed over car protective […]

By |February 26th, 2020|Exposições Anteriores|Comments Off on SINGULARITIES – João Galrão

Película Passageira – Joana Pitta

A Galeria António Prates tem o
prazer de anunciar Película Passageira, uma exposição individual de
Joana Pitta (1993, Lisboa).

Pormenor das películas que compõem grande parte das obras

A prática artística de Joana Pitta (1993, Lisboa)
está ancorada no olhar, no nosso enquanto espectadores, no dela própria
enquanto maquinadora de paisagens. Apesar de trabalhar o quotidiano fá-lo de
uma forma incomum, […]

By |December 9th, 2019|Exposições Anteriores|Comments Off on Película Passageira – Joana Pitta

Prémio Arte Jovem

By |September 30th, 2019|Exposições Anteriores|Comments Off on Prémio Arte Jovem

Uma Viagem pelo Mundo da Arte – Alunos do Centro Hellen Keller

Esta
é uma exposição realizada pelos alunos do primeiro ano B do Centro Helen
Keller.

Este ano tínhamos como proposta entrarmos no mundo da arte e percebermos o que dentro dela existe. Foram vários os projetos que realizamos, desde a interpretação de Vivaldi numa folha de papel (usando quatro técnicas diferentes), ao uso de diversos materiais […]

By |September 30th, 2019|Exposições Anteriores|Comments Off on Uma Viagem pelo Mundo da Arte – Alunos do Centro Hellen Keller

Alcántara Escultor & Pintor – Andrés Alcántara

Viver para criar

Quando Andrés Alcántara me pediu para fazer um texto para o catálogo desta exposição, fiquei entusiasmado por poder dar uma ideia do seu trabalho como escultor, mas ao mesmo tempo senti uma enorme responsabilidade e preocupação.

Entusiasmado porque posso transmitir o que
sinto e o que conheço de todo um percurso que Andrés […]

By |September 30th, 2019|Exposições Anteriores|Comments Off on Alcántara Escultor & Pintor – Andrés Alcántara

Sensaciones – Loli Aldazabal

“É
o que é”

É
tão simples e complexa ao mesmo tempo. A riqueza da mesma tem a ver com essa
precisão, autoria e poder. Onde se abre todo um campo de jogo visual com estes
poucos elementos, como uma fórmula básica ou mínima.

Onde
há um achar e efetividade na seleção das cores, é pura e dura.

Nascem
formas realistas, representativas, […]

By |September 30th, 2019|Exposições Anteriores|Comments Off on Sensaciones – Loli Aldazabal